Pós Roacutan: Como tratar as cicatrizes de acne?

Sua Pele Saudavel Acne, Cuidados com a Pele, Roacutan 08-02-15 Acnes, Cuidados com a Pele, Destaque, Roacutan

Pós Roacutan: Como tratar as cicatrizes de acne?

O famoso Roacutan que revolucionou o tratamento contra acne, controlando a gravidade das lesões ativas da grande maioria dos pacientes. Mas a recuperação da pele após o tratamento ainda é um desafio. Existe uma série de tratamentos para as cicatrizes da acne, uma vez que existe uma grande variedade de tipos de cicatrizes que podem ficar no rosto após a cura de uma acne mais grave. Por esse motivo o tratamento das cicatrizes de acne não é fácil e deve sempre ser realizado por um médico dermatologista.

As cicatrizes de acne são classificadas de acordo com as suas características e gravidade. Uma das classificações existente foi criada por Goodman e Baron em 2007, que eu vou apresentar aqui. Hoje eu também vamos falar do tratamento das seqüelas mais comuns e brandas da acne que são as manchas. Em posts futuros vou falar do tratamento de lesões com relevo.

Classificação

Grau I – Macular. São uma espécie de mancha lisa na pele que pode ser vermelhas, mais clara ou mais escura do que a pele do paciente, mas não apresentam relevo. Podem ser vistas de distâncias variadas dependendo do seu tamanho.

Grau II – Leve. São lesões com relevo formando depressões ou elevações na pele e que em geral não são percebidas há uma distância superior a 50 cm que são facilmente disfarçadas com maquiagem ou com a barba em homens, mas quando o nédico examina a pele ainda fica lisa ao esticarmos as extremidades da cicatriz.

Grau III – Moderada. São lesões com relevo maiores, podem ser vistas a distâncias superiores a 50 cm e não são facilmente encobertas com a barba ou com a maquiagem.

Grau IV – Grave. São lesões óbvias mesmo a mais de 50 cm de distância, não são bem disfarçadas com barba ou maquiagem e a pele não fica lisa mesmo sendo esticada no exame.

Tratamento

Os tratamentos mais usados para esse tipo de cicatriz são os cremes, peeling leves, microdermoabrasão (peeling mecânico como o de cristal), laser ou luz intensa pulsada. O laser é mais usado nas lesões avermelhadas. As cicatrizes escuras e planas são em geral tratadas com os ingredientes clareadores e estimuladores da renovação celular como ácido retinóico, hidroquinona, ácido kójico ou ácido azeláico. Peelings de ácido glicólico também podem fazer parte do tratamento desse tipo de marca e ocasionalmente laser. Já as manchas mais claras do que a tonalidade da pele são mais difíceis de serem tratadas Já foi tentado fazer pequenas agressões na pele, como usar a agulha de tatuagem sem a tinta, para estimular a produção de melanina, mas o resultado não é muito bom. Os tratamentos para vitiligo são uma possibilidade mas devido aos seus efeitos colaterais e ao preço do tratamento ficam restritos aos casos mais graves de grande impacto na vida social dos pacientes. Um tratamento promissor mas que ainda é caro e sem muito tempo para sabermos exatamente como são os resultados de longo prazo é o Re-Cell.

fonte:blogbulledebeaute

Posts Relacionados:
Deixe sua opinião: