Aftas: Remédios caseiros para aliviar o incômodo

Sua Pele Saudavel Dicas e Segredos 10-01-14 aftas, Dicas de Saúde, Dicas e Segredos

Aftas Remédios caseiros para aliviar o incômodo

As aftas são feridas bastante dolorosas que aparecem no interior da boca, nos lábios, gengiva e nas bochechas elas são bastante comuns. Esse problema afeta muitas pessoas, e muitos não sabem como tratar esse problema rapidamente, então hoje você vai ver alguns remédios caseiros super eficazes para combater as aftas.

Remédios caseiros para a afta

É verdade que, pelo menos, 20% da população já teve aftas em algum momento de sua vida, mas a verdade é que as mulheres são mais propensas nos períodos menstruais. Esses remédios são perfeitos quando se trata de aliviar o incômodo que as aftas produzem.

Aloe vera

A Aloe vera é um produto natural altamente recomendado. Um pouco de gel de Aloe vera (encontrado na parte interna da folha) pode se tornar um antisséptico bucal perfeito para remover as aftas da boca e preveni-las. Você vai se sentir aliviado em apenas alguns dias.

Enxaguante bucal caseiro

Se o seu objetivo é que o remédio para combater as aftas seja mais rápido e eficaz, o que você pode fazer é misturar uma colher de sopa de sal com uma de bicarbonato de sódio e um pouco de peróxido de hidrogênio (água oxigenada). Acrescente água na mistura e use 4 vezes por dia.

Sal de cozinha

Se o seu problema com aftas for mais grave, você pode lavar a boca com o sal de cozinha, mas se você é realmente corajoso o suficiente para suportar a inconveniência do sal e acabar de uma vez com o incômodo das aftas, você deve aplicar diretamente o sal sobre a região da ferida.

Gelo

Um pouco de gelo sobre a área afetada já é o suficiente para aliviar a dor e anestesiar a área. Se necessário, enxague a boca com um pouco de água fria de preferência. O melhor de tudo isso, é que esse é um remédio muito simples e barato. Lembre-se que o gelo reduz a inflamação.

Se não cuidarmos da saúde bucal, isso pode causar sérios problemas graves.

Posts Relacionados:
Deixe sua opinião: